CAMINHOS

SABE...

A vida não presta, ou talvez preste, sei lá!

OLHA...

Já tive tantos enganos, ou talvez desenganos, sei não!

VEJA...


Meus pensamentos tão confusos, quem sabe difusos...

QUISERA...

Que eu fosse descomplicado, complicado, talvez...

PUDERA...

Saber o que pensas, decifrar, tuas vontades, fazer o que gostas...

QUEM SABE...

Se tu me deres uma pista! (...)

Rio/Niterói,
Estrada de Santos,
Av. São João.

Sabe,

Quem sabe?

Quisesse!

Ver,

Enxergar...

Que o amor é uma via de mão dupla! (...)

E eu, depois...

De tantos desenganos, complicações, pensamentos errados,

Já não tenho mais medo de amar,

E VOCÊ?

  1. gravatar

    # by Fabiana - 16 janeiro, 2009

    O medo de amar é o pior dos medos.
    Luto contra ele a muito tempo.
    O único problema é que as vezes o mesmo é alimentado até por aqueles que deveriam dar força ao invés de complicar.

  2. gravatar

    # by Jairo Souza - 17 janeiro, 2009

    Num sei! ainda acho esse lance de via de mão dupla muito perigoso! Preciso de mais espaço para dirigir minha vida! Mt bom o texto Daniel!

  3. gravatar

    # by Índia - 18 janeiro, 2009

    Nao tenho medo de amar, aprendi com a vida q o pior arrependimento eh por daquilo que nao tentamos.

    Beijao.

  4. gravatar

    # by Anônimo - 24 janeiro, 2009

    a vida presta é só achar as pessoas certas pra nos acompanhar nessa aventura!