SAD

A sinfonia da brisa frívola,
Chicoteia essa saudade infinda de ti!
Borboleteando minhas emoções!
Reentrâncias de amarguras,
Bordam meus medos,
Matizando meus sentimentos,
Ondas sinuosas repletas,
De sensações mórbidas,
Desejos de morte,
Tormentos arrepiando-me inteira,
Há fantasmas em mim!
Asfixiando meus sonhos,
Sigo vestida dessa gélida e triste solidão!!!
Autora: Raquel Keka.

  1. gravatar

    # by Jairo Souza - 31 julho, 2009

    Boa Poesia Daniel! Sentimentos de saudade, falta, são os piores! Abçs!